sábado, 29 de outubro de 2016

A UNIÃO DO VEGETAL

Não viemos aqui para ser entendidos.
Afinal, pelo que estamos premidos?
Pelo que fomos todos apreendidos? 
Sê infinito, nada pode ser reprimido...

Tudo existe para ser apreciado!
O dois em Um, reverenciado...
E se tu pensas que não
Sinto dor em tua razão


Nenhum comentário:

Postar um comentário