quinta-feira, 6 de abril de 2017

CAVALOS SELVAGENS: ANSIEDADE (OSHO)

"Nas vinte e quatro horas de um dia você precisa ficar em silêncio por uma hora mais ou menos, sempre que for conveniente. O diálogo interno vai continuar, mas você não é mais parte dele."
Escutando Desapegadamente:

"A chave de tudo é escutar a conversa dentro de si da mesma maneira que você ouve duas pessoas conversando, mas permanecendo separado. Não se envolva; apenas ouça e escute o que uma parte da mente está dizendo à outra. Aconteça o que acontecer, deixe vir; não tente reprimi-la. Simplesmente seja uma testemunha.

Cavalos selvagens:
"Um monte de lixo que você coletou ao longo dos anos vai surgir. À mente nunca foi dada a liberdade para jogar fora esse lixo."

"Quando dada a chance, a mente vai correr como um cavalo que quebrou suas amarras. Deixe-o correr! Você se senta e assiste, observa. Para observar, basta ver, essa é a arte da paciência. Você vai querer montar o cavalo, para dirigi-lo desta ou daquela maneira, porque esse é o seu velho hábito. Você terá que exercer um pouco de paciência, afim de quebrar esse hábito."

"Onde quer que a mente vá, simplesmente observe; não tente fazer cumprir qualquer ordem porque uma palavra dá origem a outra e mais outra e milhares de outras, porque todas as coisas estão ligadas. "

Fale Da Sua mente:
"Se for conveniente e possível, fale os seus pensamentos em voz alta para que você também possa ouvi-los, porque dentro da mente os pensamentos são sutis e há o medo que você não pode estar muito consciente deles. Fale em voz alta, ouça-os e esteja muito consciente e alerta para permanecer bem separado deles. Resolva falar o que vem à mente, mas seja absolutamente imparcial e neutro. "

"É absolutamente necessário esvaziar a mente pacientemente por seis meses, porque toda a sua vida você tem feito nada além de carregá-la com pensamentos. Se persistir pacientemente e diligentemente depois de apenas seis meses é o suficiente; caso contrário, isso pode levar seis anos, ou seis vidas! Tudo depende de você, o quanto totalmente do coração e sinceramente você trabalha neste método.

"Muitas vezes vai acontecer que você vai esquecer de ser uma testemunha; você vai montar o cavalo novamente e partir em sua viagem de pensamentos, envolvido mais uma vez. Se você se identifica com algum pensamento, então você vai ter falhado; assim que tomar conhecimento disso, desça do cavalo e deixe as palavras, os pensamentos, irem para onde eles quiserem, sem montá-los. Basta continuar observando.

"Aos poucos, muito vagamente, você vai começar a ouvir os passos do silêncio e experimentar a arte de escutar."

OSHO Excerpted from Osho, The True Name, Vol.1, Talk #5

Pinturas de Jim Warren:









domingo, 19 de março de 2017

UM SONHO ESTRANHO

Eu tive um sonho estranho
De um mundo sem igual
Não havia certo tamanho
E nem mesmo o normal


Eu tive um sonho estranho
De que ninguém era igual
Não vi Um seguir o outro
E nem um caminho fatal

Eu tive um sonho estranho
De um mundo anormal
Tudo sem ter-se medido
Nada de bem ou de mal

Eu tive um sonho estranho
De um mundo natural






sábado, 21 de janeiro de 2017

O CONFESSO: UM SIM VITAL!


Nietzsche ensina dança
com ou sem música 
em piso irregular 
A sinceridade desejante da criança...


Pois a Obra e o Corpo 
querem cantar:
"Confesso" e
"Sim"



Pintura: Jim Warren